Os mais lidos: literatura infantil

 

Inicialmente lembramos sobre nossa estante de referências de livros ou textos infantis ou juvenis.

Como queremos uma leitura de mundo, podemos ter autores nacionais ou internacionais.

Vamos neste mês de outubro de: A vizinha antipática que sabia matemática (Eliana Martins) e Sonhos de Francisco e a Alegria do Palhaço (Marcelo Fernandes). O de Marcelo você vê na íntegra logo abaixo.

 

SONHOS DE FRANCISCO E ALEGRIA DO PALHAÇO

 

Os amigos Francisco, Maria e Zezinho brincavam tranquilamente em suas casas, e receberam a notícia que tinha uma cidade ali perto onde as pessoas estavam tristes, sem alegria. Tudo estava estranho, então as crianças resolveram verificar o que estava acontecendo de errado. 

Francisco preparou seu cavalo e, junto com Maria e Zezinho, partiram para a cidade para verificar o ocorrido. Chegando ao local, perceberam logo que ninguém falava com ninguém e fizeram uma pergunta para uma pessoa que estava sentada na praça:

  • Meu senhor, o que acontece que todos os moradores estão tristes? – perguntou Francisco todo curioso.
  • É… não existe mais o mestre da alegria. Ele foi embora da cidade, e as pessoas ficaram de cara fechada – respondeu o senhor com uma voz muito baixa.
  • Pode deixar! Vamos encontrar o tar de mestre da alergia! – afirmou Zezinho.
  • Zezinho é alegria! – replicou Maria ao amigo.
  • Eh, isso aí… que faz a gente rir…. à toa… de suas atrapalhadas! – respondeu Zezinho.
  • Existe em São José dos Campos um palhaço muito famoso que faz alegria da criançada, é o palhaço que trabalha há mais de 30 anos.

Então os nossos amigos foram na cidade do Palhaço, procurando em todo lugar, por toda parte para encontrar o mestre da alegria. Gritavam sem parar por todos os bairros, perguntavam um por um, onde estaria ele. Quando estava já cansado de tanto procurar, acharam um bilhete do espetáculo do Yoyo e Thierry.

  • Vamos lá que encontraremos ele – falou Maria. 

Chegaram ansiosos, cheios de expectativas para receber o palhaço. Perceberam que todos estavam alegres por entrarem no espetáculo. Hoje vai ser um dia de festa, muitas risadas e brincadeiras! O Thierry começou a falar e a pronunciar o início do show:

  • Com vocês, o mestre da alegria, o incomparável, o mais antigo, o mais animado do mundo, com vocês, ooooohh Palhaço Yoyo…!!!

E o Thierry continuou o espetáculo trazendo alegria para o show, dizendo ao palhaço:

  • Faz seus cumprimentos!
  • Meu cumprimento é 1,60m… – disse o palhaço.
  • Não, Yoyo, tem que ser algo de dentro, para alegrar estas crianças – respondeu o Thierry.
  • Ahhh, fígado, bucho, coração, pummm…. – declarou o palhaço.
  • Não, será que você não entende? É para falar palavras doces…. – continuou o companheiro.
  • Doce de abóbora, doce de leite, de coco…. – disse o palhaço, olhando para o público.
  • Ahhh, vamos iniciar o show!!! Diga “olá” para as crianças! – replicou Thierry.
  • Olá criançada!!! – iniciou o palhaço seu maravilhoso espetáculo, trazendo alegria e diversão para as crianças.

Após assistirem ao show, com muita animação diante do picadeiro, as crianças foram tirar fotos com o palhaço e contaram para o Yoyo que tinha uma cidade que estava triste e precisava de alegria, e então convidaram ele para ir fazer um show para as crianças.

  • Sim, claro, vamos para esta cidade agora! – falou o palhaço.

E com muita música, festa e alegria, o palhaço Yoyo e o malabarista Thierry foram fazer um espetáculo na cidade. Foram chegando as crianças, os professores, vendedores das lojas. Tinha muita pipoca, doces, salgados e venda de brinquedos e muitas luzes coloridas. A alegria voltou a contagiar a todos, eles iam trabalhar com mais disposição, as escolas se encheram de muitas brincadeiras e diversões. E Francisco, Maria e Zezinho estavam alegres e felizes por ter encontrado o palhaço e devolvido à cidade a alegria de viver!

  • Viva o circo, o mestre da alergia está de volta! – afirmou Zezinho.
  • Ahhh, Zé… você nunca aprende, é alegria! Você é um verdadeiro palhaço! – afirmou os amigos dando muitas risadas.

 

Texto/autor: Marcelo Fernandes – outubro 

Facebook: @sonhosdefrancisco

Área de Atuação: Escritor e Contador de História

Arte gráfica e ilustração: @villaskohl e Studio Villas

Projeto Editorial: Tess Villa