Esse grande profissional de uma ciência tão vasta merece ser lembrado nesta data, dia 03 de setembro, dia em que a profissão foi regulamentada (em 1979) e também foi criado o Conselho Federal de Biologia (CFBio), estabelecendo o Dia Nacional do Biólogo.

Essa profissão, Biólogo, não se resume ao trabalho com animais e plantas, como muitos pensam. Muito além disso, ele estuda todos os aspectos relacionados com a vida. Tem uma área de atuação tão vasta, que pode ser que não conheçamos ainda todas as possibilidades de atuação dessa profissão. O biólogo pode atuar em áreas de preservação, zoológicos, parques florestais, laboratórios de pesquisas, entre outras. E em todas as possibilidades de atuação do biólogo, há um eixo em comum para sustentar a prática: respeitar a vida em todas as suas formas e níveis.

Portanto, é um pouco irônico, até mesmo triste, comemorarmos essa data no mesmo período de grandes queimadas na nossa querida e preciosa Floresta Amazônica. São tantas jogadas políticas, tantas histórias mal contadas, tantas “alguma coisa” que ninguém sabe ao certo o que acontece lá nesse nosso grande pulmão, só vemos notícias devastadoras de um lado e um “Tá tudo bem, não tá acontecendo nada de mais” de outro. E no meio está a rica biodiversidade sendo seriamente afetada. Só para uma breve ilustração, segundo os dados da Folha de S. Paulo, houve um aumento de 34% no desmatamento da Amazônia, ao considerarmos os dados coletados de agosto de 2019 a julho de 2020. Concorda comigo que é um tanto desrespeitoso ao Dia do Biólogo?¹ E infelizmente a mesma história acontece com o Pantanal, causa de danos ambientais gigantescos prejudicando a preservação do ecossistema por falha de administração e conscientização das pessoas.

Não querendo tratar somente de pontos negativos, deixo a reflexão acima com umas perguntinhas: Qual seu nível de interesse para saber a respeito do que acontece lá? Viu ou ouviu algo a respeito em algum momento e teve uma sensação tal qual quando um ente querido se fere seriamente? Ou foi só mais uma notícia para você? O que você pode fazer a respeito que possa ajudar o não incentivo de desmatamentos, queimadas e outros crimes ambientais que ocorrem? Você pode comemorar o Dia do Biólogo agora com bem mais significado?

Vamos sair do foco do biólogo na atuação ambiental e olhar para o aspecto laboratorial da profissão, um ponto um tanto polêmico que vale refletirmos: a transgenia, alimentos transgênicos (aquele símbolo “T” no mercado). A alteração genética dos alimentos é prejudicial à nossa saúde. A alteração genética dos alimentos causa distúrbios na assimilação do mesmo pelo nosso organismo. Se por uns pode ser aquela questão de “as intenções são boas, mas…”, para outros o foco é o lucro, a economia movimentar. Onde fica o eixo da profissão do Biólogo nessa questão? É importante nos orientarmos para uma produção mais sadia, que é o caso do cultivo orgânico. Vão desde hortinhas caseiras, seja em casa ou até apartamentos em vasos, seja em grandes estruturas – como as fazendas. Já existem muitos incentivos quanto a isso, como a permacultura, por exemplo. 

Assim como toda profissão, tem um lado positivo e negativo. Cabe ao profissional escolher para que lado dá mais voz: apoiar práticas naturais que, embora mais lentas, não ferem o equilíbrio ambiental; ou aderir a outras, como as queimadas para renovar o solo para um determinado tipo de plantio que atenda a procura do mercado até se esgotar o recurso? Escolhe o equilíbrio ou contradizer o Juramento do Biólogo:

“Juro, pela minha fé e pela minha honra e de acordo com os princípios éticos do Biólogo, exercer as minhas atividades profissionais com honestidade, em defesa da vida, estimulando o desenvolvimento científico, tecnológico e humanístico com justiça e paz.”

Ao dia do Biólogo, de todo coração, eu digo duas expressões que resumem tudo:

Gratidão e Sinto muito.

¹ Fonte: Watanabe, P. (07 de agosto de 2020). Folha de Sao Paulo. Acesso em 03 de seetembro de 2020, disponível em Folha UOL: https://www1.folha.uol.com.br/ambiente/2020/08/desmatamento-na-amazonia-cresceu-33-entre-2019-e-2020.shtml#:~:text=Sob%20o%20governo%20Jair%20Bolsonaro,sexta%2Dfeira%20(7).

Texto: Fillipe Martinho

Instagram: @coach.fillipemartinho

Área de Atuação: Graduado em Letras, professor, Educador, Coach, Revisor, Escritor e Empreendedor.”

Foto: Pexels

Projeto Editorial: Tess Villa