Não estamos sozinhos!


Todos viemos ao mundo com um propósito, uma missão. E para realizá-la, a nós, foram concedidos presentes especiais: habilidades, oportunidades, família, privilégios e é claro, amigos!

O ser humano é um ser social e necessita da troca e do convívio para ser feliz e saudável. E durante a nossa existência, encontramos pessoas maravilhosas para acompanhar-nos e tornar a vida mais alegre e colorida. Existem até datas para comemorar a amizade ou o dia do amigo, que a nível de porquês podem variar nas informações, mas o que importa é que nossos amigos são tudo aquilo que precisamos, em qualquer hora: seja para curtir, conversar, celebrar ou chorar e desabafar.

Podemos nos desentender ou ficarmos distantes, um do outro, por anos, mas sabemos que a verdadeira amizade brota quando acontece o encontro.

Existe quem diga que essas amizades vêm de outras vidas, e estamos construindo uma história que começou há muito tempo.
O que importa é que todos nós temos amigos! Valorize as suas parcerias, agradeça sempre e não se esqueça: quem tem um amigo, tem tudo!

Mas veio um questionamento: um amigo tem idade? Um idoso pode ser um amigo de alguém mais jovem? Claro que sim! Assim como nossos pais podem ser nossos amigos, nossos avós, cuja data foi comemorada também em julho, podemos ter amigos mais velhos da terceira, quarta, quinta idade. E que maravilha essa amizade pois os idosos são detentores de sabedoria imensa, guardiões da história, memória viva de antigas gerações.

Contudo os idosos, assim como nossos avós, são um lembrete da finitude de nossos dias e têm a condição de nos fazer lembrar sobre o valor da vida. Algo positivo ou negativo? Esta resposta é de cada pessoa, mas vendo o positivo em tudo, sim, a idade e uma boa amizade muito podem contribuir para uma vida melhor.

Texto: João Baranov e Tess Villa

Instagram: @joaobaranov

Área de Atuação: Profissional de Permacultura, Artista

Arte Gráfica: @villaskohl

Projeto Editorial: Tess Villa