Apesar da pandemia, momento em que devemos ficar em casa, quem não tiver uma arvorezinha por perto perde bastante em qualidade de ar, clima mais fresco e aquela sombrinha amiga. Podemos ver que o dia da árvore é uma data importante pela sustentabilidade da vida em nosso planeta. Nenhuma dúvida quanto a isso. 

E o que dizer do verde em seus diferentes tons, mesclados às vezes com cores de frutas e flores, que as árvores nos proporcionam? Desse modo, pode-se dizer que o mundo tem mais um motivo para comemorar entre março e junho de 2021, uma comemoração em prol das árvores, do verde, da vida: um parque que está sendo feito em uma área que um dia foi um lixão, considerado o maior lixão do mundo, tendo recebido 150 milhões de toneladas de lixo. 

O terreno foi desativado em 2001 e transformado em um lindo parque cuja inauguração da primeira etapa está prevista para a próxima primavera nos EUA, quando está  prevista a abertura para o público e, segundo GNN, sendo esse o maior parque de NY.

Mudando para melhor:

Mal cheiro e montanhas de lixo eram os fantasmas que aterrorizavam causando desconforto aos residentes próximos do aterro Fresh Kills. E o melhor é que isso tudo foi trocado por medidas sanitárias para controlar o processo de poluição, terra rica para cobrir o plástico sobre o lixo, caprinos para fazerem a restauração ecológica que lhes é peculiar e encanamento para conduzir os vapores dos gases subterrâneos para sistemas de aquecimento e os fogões. Outrossim, foi necessário afastar a água das chuvas para longe dos detritos. Depois de bagunçar vamos arrumar, mas será que valeu à pena?

O resultado foi vida brotando: espécies nativas de grama, pássaros do Atlântico se aproximando, água natural correndo seu curso. Os nova-iorquinos vão se beneficiar dos bons cuidados com o lixo, de um espaço verde, mesmo depois de ter sido feito algum estrago. Ainda, vão se beneficiar de tudo o que vier a partir desta iniciativa, que faz valer a frase: “antes tarde do que nunca.”

Texto: Tess Villa

Instagram: @telmatess.br

Área de Atuação: Educação

Foto: Pexels

Projeto Editorial: Tess Villa

Referência de Web:

https://www.goodnewsnetwork.org/worlds-largest-garbage-dump-evolved-into-green-oasis/